• feiradolivrochapeco

Programa Arte Cidadã se apresenta na 3º Edição da Feira de Livros deChapecó

Projeto reúne cerca de 1300 integrantes.





A terceira edição da Feira de Livros acontece no Centro de Cultura e Eventos Plínio

Arlindo De Nes. O evento abriu as portas para o público hoje (17) e encerra as atividades

dia 21, no sábado. Na programação, consta Atrações Culturais para escolas, entrevistas

com escritores mediadas pelo professor Hugo Paulo Gandolfi de Oliveira, lançamentos de

livros, palestras e diversas outras atrações. Dentre uma delas, o programa Arte Cidadã tem

apresentado seus projetos. Entrevistamos os dois professores que mediaram as

apresentações no palco do Salão Nobre. Confira:


Kariny da Vila, 27 anos.

O que é esse projeto do Violino?

O projeto “Musicando” a partir de seis anos e o projeto “Musicalidade” para

adolescentes e adultos em parceria com o programa Arte Cidadã, que é um programa da

Prefeitura onde as aulas são gratuitas. Atendemos em vários espaços e é em parceria com

a Unochapecó, acontecendo, inclusive, aulas no campus.


As crianças precisam ter o instrumento para participar do projeto?

Não, os instrumentos são disponibilizados tanto pelo Arte Cidadã quanto pela

Unochapecó. Os pais assinam um termo de compromisso se responsabilizando pelo

instrumento e os alunos podem levar para casa pra estudar durante o ano letivo.


Qual a estimativa de duração do curso?

Ele não tem fim, as crianças entram e podem ficar até que sejam adultas. Para

quem entra adolescente e adulto, prevê em torno de seis anos de curso.


Há quanto tempo existe o projeto?

O Programa Arte Cidadã já existe há 10 anos. Eu faço parte do programa desde

2017.


Como é estar nesse projeto?

É uma experiência muito incrível onde eu consigo criar um ambiente confortável

entre as crianças, que desenvolvem o respeito e senso de coletivismo. Através da música

elas conseguem desenvolver a técnica musical além da parte social e formação do

indivíduo.


Tem ideia de quantas crianças passaram pelo projeto?

Atualmente a gente tem no programa Arte Cidadã mais de 1000 alunos, especifico

de violino, na Unochapecó, deve ter cerca de 30 alunos.


Qual foi o ponto muito marcante do projeto como professora e ação social para você?

Quando tivemos a apresentação no encontro de orquestras. Juntou todas essas

crianças de todas os espaços de Chapecó, Ceu das Artes, Centro de Eventos, Verde Vida.

Teve cerca de 60 crianças que fizeram uma música junto com a orquestra sinfônica de

Chapecó e Orquestra de Câmera Unochapecó. Foi um momento muito marcante tanto pra

mim como professora quanto para as crianças. Um momento histórico na qual elas

conseguiram desenvolver uma música.


Dionatan Falchetti

Como funciona o projeto?

O Arte Cidadã é um programa mantido pela Prefeitura de Chapecó, através da

Secretaria de Cultura. O projeto acontece de forma itinerante: no Centro de Eventos, nos

bairros e em outros 17 pontos de atendimento na cidade de Chapecó. Oferece oficinas de

violão, violão popular, violino, viola, violoncelo, bateria, percussão sinfônica, canto coral.


Crianças e adolescentes podem participar do projeto?

O Programa abrange alunos de cinco anos em diante para a oficina de dança e para

a oficina de instrumentos de oito anos em diante.


É necessário ter instrumentos para participar do Programa?

Os espaços que a gente atende disponibiliza os instrumentos, porém eles não são

emprestados para estudo em casa. Para um aprendizado mais efetivo, seria melhor que os

participantes tivessem o equipamento em casa.


*Texto e fotos de Rafael Chiamenti Pedroso

A LEITURA TRANSFORMA